Marquinhos Marques – Seleção 2014

Macroterritório 2 • Metropolitana de Salvador • Salvador • Seleção 2014

Marco Antônio Conceição Marques

Contato: marquinhos.marques@hotmail.com

Marquinho Marques, Nasceu no dia 18 de janeiro de 1966, na Liberdade, o bairro mais populoso de Salvador e com a maior concentração de negros do Estado da Bahia. Recebeu o nome de Marco Antônio C. Marques, logo ganhou destaque no cenário da música Baiana.

Convidado para integrar a ala de canto do Olodum em 1989, onde permaneceu durante onze anos. Marquinhos do Olodum, sempre esteve a frente do trio elétrico com todo seu balanço e irreverência. Divulgando a nossa cultura e a força da nossa música.

Sua primeira gravação aconteceu em 1991, tendo participação de dez discos, em inúmeras excursões que integrou pela Europa, Asia, Estados Unidos e América Latina, pode ecoar sua voz pelos “quatro cantos do mundo”.

Marquinhos Marques já cantou para um público de mais de 100.000 (cem mil), pessoas no prestigiado Festival de Nyon, que ocorre anualmente na Suíça, enquanto no Brasil os shows ultrapassaram a casa de oitocentos, tendo percorridos do Amazonas ao Rio grande do Sul.

Atualmente, independente em sua carreira solo, Marquinhos Maques também tem atuado paralelamente com o Cortejo Afro.

Com Composições conhecidas como Berimbau, Onda Azul, Girassol, Te amo Te amo, Jazz e Blues, Papo Furado, Iemanjá Amor do Mar, Canto a Iemanjá, As Duas Histórias, Cara Preta, Olodum Me Leva, Telefone, venha Me Ama, Se Me Chamar, Bala de Baleiro, Hora H, Encantada Magia, Samba Reggae, Olodum Telegrama, Anjo Meu, Meu Barco Vai, Amado Para Sempre.

Composições são cantada por Grandes Bandas da Bahia e do mundo como Chiclete com Banana, Cheiro de amor, Asa de Águia, Ilê Aiyê, Muzenza, Malê e Cortejo Afro, Ricardo Chaves, Araketo, É o Tchan e Braga Boys.

Marquinhos Marques
Eu e Você
Marquinhos Marques
Marquinhos Marques
Iemanjar Amor do Mar
Marquinhos Marques
Marquinhos Marques
Na Parede
Marquinhos Marques